Camarilha dos Quatro

Revista de crítica musical.

Perispirit – Spiritual Church Movement (2012; Digitalis, EUA)

Perispirit é um duo formado pelo brasileiro Ricardo Donoso, percussionista, compositor eletrônico e baterista da banda de death metal Ehnahre, e por Luke Moldof, guitarrista e compositor eletrônico. Ambos parecem lidar com uma gama de referências tão rica quanto extrema: noise, metal, eletroacústica e por aí vai. Depois de alguns cassetes lançados pela Hospital Productions (selo de Dominick Fernow/Prurient), Semata Productions (selo do próprio Donoso) e Razors And Medicine, Spiritual Church Movement é o primeiro álbum oficial do duo. (AT)

* # *

Perispírito, segundo a religião Espírita (e o wikpédia), é o elemento intermediário entre corpo e espírito. Algo como um corpo fluídico de qualidades elétricas e magnéticas que envolve o espírito em sua condição semimaterial. Curioso, no mínimo, pensar que esse termo cunhado por Allan Kardec foi o escolhido para dar nome ao projeto de Ricardo Donoso e Luke Moldof. Sem falar na sugestiva e enigmática capa desse LP que, fora alguns cassetes já lançados, é o primeiro álbum oficial do duo.

A primeira impressão aqui é a falta de chão. Ou pelo menos a ausência de referências externas que ajudem na muitas vezes tortuosa trajetória de Spiritual Church Movement. A receita é até simples: um material analógico composto por Moldof é manipulado digitalmente por Donoso, tentando alcançar, dessa forma, algo como uma junção de forças entre as duas matrizes, digital e analógica. O resultado é um pandemônio de estilhaços sônicos, chiados não identificáveis e todo tipo de explosão e implosão sonora que se pode imaginar. Um descontrole que, muitas vezes, soa quase pontual, metódico feito uma partitura, já que a maneira com que os timbres são plantados é sempre singular, em uma espécie de montagem matemática-apocalíptica, quase sempre veloz e de direções imprevisíveis.

O disco tem uma divisão até bastante explícita. O lado A, “14th Annual Seance”, parte de uma experiência de fato mais concreta, com uma qualidade ruidosa e até meio ambient em alguns momentos, sempre crua, nunca exatamente musical. Em alguns pontos a faixa soa mesmo como uma viagem ao inferno, uma descida em alta velocidade até as profundezas, com direito a todos os gêneros humanos e não humanos de sonoridades. Grunhidos, graves crepitantes, alarmes, sirenes, picos pulsantes e tudo o que uma viagem dessas pode sugerir. As mudanças extremas de tom insinuam mesmo uma narrativa instável, com seu ápice nos últimos 3 minutos da faixa, quando o pandemônio parece de fato ter sido encontrado e as criaturas que lá vivem começam a nos saudar, no que inicia com um drone de camadas infinitas e vozes demoníacas, para terminar com um grave mais calmo, ainda tétrico. Já o lado B, “Attn Deficit Order”, ensaia alguns padrões melódicos logo em seus primeiros segundos, e ainda que os chiados e ruídos se façam presentes, os synths mais calmos tendem a ir buscando um espaço, nunca exatamente dominando a cena. As mudanças bruscas continuam e quando se pensa que a calmaria se estabeleceu, somos colocados novamente em êxtase (ou estranhamento) com mais metralhadoras sônicas agressivas e outros detritos de sangrar o ouvido. Em seus 5 minutos finais, a faixa volta com seus arranjos mais fáceis e, se você chegou até aqui, sabe que mesmo com synths relaxantes como esses, o estrago já foi feito e a jornada deixou rastros memoráveis.

Spiritual Church Movement, enfim, parece se debruçar sobre essas herméticas dualidades: analógico x digital, ruído x harmonia, espiritual x infernal. Não que o trabalho, no fim das contas, se resolva em simples equações como essas. A feliz heresia aqui se concentra na capacidade, de fato divina, de Donoso e Moldof caminharem por todos esses territórios, por esse corpo semimaterial, perdido entre dois mundos, nunca finalizando a obra em um diálogo simples, mas pelo contrário, construindo uma caminhada rica e de experiências extremas por pecaminosos e virtuosos círculos sonoros. (Arthur Tuoto)

Ouça um trecho de “Attn Deficit Order” no Camarilha Podcast #73

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 5 de março de 2012 por em álbum da semana e marcado , , , .
%d blogueiros gostam disto: