Camarilha dos Quatro

Revista de crítica musical.

Burial / Four Tet – Nova (2012; Text, Reino Unido)

Depois de um EP mais do que inspirador (devidamente camarilhado pelo Ruy), Burial nos pegou de surpresa esse mês com mais uma parceria com Four Tet. “Nova” não tem exatamente aquele jogo complexo de andamentos fragmentados de Kindred (ainda que a faixa goze de uma evolução toda sedutora à sua própria maneira), mas nem por isso é um trabalho que não mereça atenção. Aliás, é até injusto tentar comparar qualquer coisa com esse último EP do homem, que pra alguns já está até entrando pra história como seu melhor lançamento depois do já clássico Untrue, ou pelo menos com qualidades tão definidoras como aquele. O que mais chama atenção nessas colaborações com Kieran Hebden é um certo artesanato rítmico, um senso de evolução bastante delicado que mescla muito bem os timbres mais, digamos, luminosos e precisos de Hebden, com a atmosfera desolador de Burial e aquele típico jogo emotivo de percussão, fora o tratamento vocal da faixa que dá todo aquele tom de inocência e romantismo. Nada de novo, no fim das contas, mas não menos sedutor por isso; sempre bom ouvir dois dos maiores mitos contemporâneos trabalhando juntos, mesmo que em uma faixa que só venha reiterar o poder sensorial dessa junção de forças, sempre majestosa aos nossos ouvidos. (Arthur Tuoto)

Ouça “Nova

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 15 de março de 2012 por em Faixa da Semana e marcado , , .
%d blogueiros gostam disto: