Camarilha dos Quatro

Revista de crítica musical.

Moritz Von Oswald Trio – Fetch (2012; Honest Jon’s, Reino Unido [Alemanha])

Image

Moritz von Oswald Trio é um conjunto formado por Moritz von Oswald (Basic Channel, Rhythm & Sound), Sasu Ripatti (dos projetos Vladislav Delay, Luomo e muitos outros) e Max Loderbauer (do Sun Electric e atualmente da dupla nsi.) que se uniu para criar improvisações tomando por base fontes eletrônicas. Estrearam em 2009 com o álbum Vertical Ascent, que foi seguido por um disco ao vivo e o single Restructure 2 no ano seguinte, e depois por Horizontal Structures em 2011. Fetch é o terceiro álbum de estúdio do grupo, e conta com participação do baixista Marc Muellbauer, do produtor Tobias Freund, do saxofonista Jonas Schoen e do trompetista Sesbastian Studnitzky. (RG, IC)

* # *

Partindo de uma análise não-auditiva, Fetch parece anunciar uma nova fase para o Moritz Von Oswald Trio. Na capa, foram-se o fundo branco e os objetos retos e coloridos (ignorando o osso completamente branco do single “Restructure 2”); no lugar deles, a foto de uma platéia interessada, incluindo pessoas empunhando máquinas fotográficas equipadas com lentes imensas (imprensa?). A foto se opõe à frontalidade e clareza das outras capas, instaurando a pergunta sobre o que está no fora de campo: o que merece tamanha atenção dessas pessoas? Por outro lado, pelo menos num primeiro momento, os nomes das faixas parecem quase explicativos, ao contrário dos vagos patterns, nothings e horizontal structures. Observando esse paradoxal jogo contra as expectativas, fica difícil não ficar no mínimo curioso sobre o conteúdo musical do disco.

E de fato Fetch surpreende: “Jam” remete à parceria de David Lynch e Angelo Badalamenti, utilizando significantes do Jazz na construção de uma atmosfera sensual, perigosa e extremamente cool. Quando o destaque dado ao trompete começa a levantar suspeita, o uso dos sopros é reduzido a praticamente uma marcação de ritmo, junto com o baixo e as palmas sintetizadas. No segundo terço, quem manda é o trio composto por piano elétrico, sintetizadores e percussão, com uma variedade de timbres e efeitos que vai deixando a faixa estranhamente urgente. O último terço prepara o terreno para “Dark”, com o baixo em primeiro plano e muito reverb.

O abismo entre as duas primeiras faixas lembra a passagem entre os dois primeiros patterns de Vertical Ascent: de um momento propulsivo e descontraído para outro mais lânguido, marcado fortemente pelo Dub – resguardadas as abordagens diversas entre os discos. “Dark” diz respeito quase exclusivamente ao papel de Oswald como arranjador e diretor do trio, já que os sete minutos de suspensão são um prato cheio para que o mago abuse dos truques de estúdio.

“Club” confirma a tendência autoexplicativa dos títulos, fazendo alusão ao Minimal Techno do qual Berlim foi a principal referência em meados da década passada. O padrão de bateria é colocado à frente junto com uma pequena inserção percussiva que se repete durante toda a faixa, como se quisessem tirar a atenção das camadas menos fortes, que se movimentam quietamente no subsolo, avessas ao que acontece na superfície. Quando se percebe o quanto esse clube é fantasmagórico, já é tarde demais e a faixa se aproxima do fim.

Em “Yangissa”, o momento mais sombrio do disco (o que não impede de ser também seu ponto alto), o trio volta a trabalhar com os padrões rítmicos africanos, que até agora não tinham aparecido nesse LP. Logo no primeiro movimento, o que mais chama a atenção é o jogo tenso entre percussão e subgraves, acentuado pela camada de sopros até o quinto minuto. Depois disso, sobram apenas a pulsação do baixo e o ritmo (além de um ou outro sintetizador que atravessa os canais ocasionalmente), impelindo a faixa até sua mutação num Dub Techno movediço durante os últimos quatro minutos. Tal fechamento não poderia ser mais adequado: é a reafirmação das raízes desses três monstros, depois de mais uma aventura selvagem por mundos diversos. (Igor Cordeiro)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 4 de julho de 2012 por em álbum da semana e marcado , , , .
%d blogueiros gostam disto: